sábado, 13 de setembro de 2008

Como funciona as eleições nos Estados Unidos

como funciona as eleições nos Estados Unidos

1.As prévias

Conhecido como “Caucus dos Rei”, a indicações eram feitas de forma restritas entre os parlamentares que se identificavam com o partido. Reuniam-se informalmente e indicavam o candidato a presidente e a vice. Em 1831 foi substituído pela convenção nacional. De certa forma não eliminou o controle das indicações por parte dos dirigentes.

A partir do início do século XX surge às eleições primárias. Estas antecediam a Convenção Nacional. Porém, com um histórico de democracia restritiva, retornou ao sistema de indicação via direção partidária, abolindo as prévias logo após a I G.M.. Este durou até o final da II G.M. com o advento tecnológicos das comunicações que deram mais visibilidade aos candidatos.

1.1.Democratas

Apenas filiados que vivem na zona eleitoral e que sejam qualificados podem votar. Os participantes se reúnem em grupos por afinidade que deve ter no mínimo de 15 % dos presentes para escolher seu candidato.

1.2.Republicanos

Votam filiados ou não, desde que estejam qualificados. O voto é secreto e é computado por Estado. Pode ser proporcional ou direto, vai depender da zona eleitoral.

2.O sistema Bipartidário

Com ampla base eleitoral, os dos dois maiores partidos, os democratas e os republicanos contam com o apoio de cerca de 60% da população. Desde 1860, seus candidatos dominam a Câmara e o Senado e todos os presidentes desde 1952 pertenciam a um deles. Fato que tira a visibilidade dos outros 37 partidos menores.

Contribui também o sistema de representante único e o sistema político dirigido por um dos dois partidos que impedem a arrecadação de fundo para custear as campanhas e divulgação de suas idéias. Algo permitido neste País.

3.O Colégio Eleitoral

Contido na constituição Norte Americano é a denominação dada a um grupo de delegados escolhidos pelo voto popular eleitos por militantes políticos e membros dos partidos nos Estados.Teoricamente, estes delegados votam de acordo com a vontade da maioria dos eleitores.

Cada Estado elege os seus delegados. O numero de delegados é proporcional ao numero de habitantes do cada Estado. Quanto mais habitantes, mais delegado elegerá ao Colégio e maior poder de decisão na hora de definir a eleição. Cada Estado tem no mínimo de três delgados no Colégio Eleitoral. Sendo igual aos numero de representantes na Câmara e no Senado.

4.A eleição

O eleitor recebe a cédula em sua residência com alguns dias de antecedência e no dia “D” deposita seu voto na urna em um local específico. Quem organiza as zonas eleitorais são os membros do próprio partido.

Após a eleição, se nenhum dos candidatos obter 51% ou mais dos votos do colégio (270 ou + dos 538 votos), a decisão quanto ao presidente caberá a Câmara dos Deputados que elegerá um dentre os três mais votados e ao Senado caberá elege o Vice dentre os dois mais votados.

Alguns Estados, por ter legislação própria, utilizam o sistema “representante único”, ou seja, o candidato que ganhar o maior número de votos populares leva todos os delegados desse Estado e nem sempre vence a eleição quem tem mais votos populares. Ex: O democrata Al Gore teve mais votos populares do que o republicano George W. Bush, mas acabou perdendo a eleição em 2004.

AFRO-BLOG'S