sexta-feira, 28 de maio de 2010

João Carlos de Oliveira

João Carlos de Oliveira, conhecido como João do Pulo, (Pindamonhangaba, 28 de maio de 1954 - São Paulo, 29 de maio de 1999) foi um atleta olímpico brasileiro.

Em 1973, ficou famoso ao quebrar o recorde mundial júnior de salto triplo no sul-americano com a marca de 14,75 m.

Em 1975, nos Jogos Pan-americanos da Cidade do México conquistou a medalha de ouro no salto em distância com uma marca de 8,19 m e em 15 de outubro, também a medalha de ouro no salto triplo, com a incrível marca de 17,89 m, quebrando o recorde mundial desta modalidade em 45 cm que pertencia ao soviético Viktor Saneyev.

Era o favorito a medalha de ouro no salto triplo nos Olimpíada de Montreal em 1976 mas com a marca de 16,90 m foi superado pelo soviético Viktor Saneyev e pelo americano James Butts.

Em 1979, nos Jogos Pan-americanos de Porto Rico, João do Pulo tornou-se bicampeão tanto do salto triplo como do salto em distância.

Em 1980, nas Olimpíadas de Moscou novamente favorito a vencer o salto triplo, novamente ficou com a medalha de bronze, superado respectivamente pelos soviéticos Jaak Uudmae e Viktor Saneyev. Os fiscais anularam 9 de suas 11 tentativas, fato que causou muitas especulações até os dias de hoje.

Teve a carreira de atleta brutalmente interrompida em 22 de dezembro de 1981, quando sofreu um acidente automobilístico, que resultou em amputação da perna direita.

Após recuperar-se do acidente, formou-se em Educação Física e entrou na vida política sendo eleito Deputado Estadual de São Paulo pelo Partido da Frente Liberal em 1986 e reeleito em 1990.

João do Pulo morreu em 1999 devido a cirrose hepática e infecção generalizada, solitário e com dívidas financeiras. Deixou dois filhos. Foi homenageado pelos compositores Aldir Blanc e João Bosco com a canção "João do Pulo".

Seu recorde mundial somente foi batido quase dez anos depois pelo americano Willie Banks com 17,90 m em Indianápolis em 16 de junho de 1985. Seu recorde brasileiro e sul-americano somente foi batido vinte e dois anos depois por Jadel Gregório com 17,90 m em Belém no dia 20 de maio de 2007.

Fonte: wikipédia

AFRO-BLOG'S