segunda-feira, 7 de junho de 2010

RJ: Carta aberta em defesa de Emir Sader para primeira suplência do senado

 

No estado do Rio de Janeiro, uma campanha vitoriosa rumo ao senado é fundamental para eleger Dilma, para dar continuidade às realizações do governo Lula, para dar sustentação ao nosso futuro governo no Congresso Nacional. Isto faz parte da estratégia eleitoral do PT, diante da fragilidade enfrentada por nossa bancada do senado, nos dois mandatos de Lula.

Neste quadro, a pré-candidatura de Emir Sader reúne as melhores condições para garantir nossa vitória no senado e para fortalecer o PT no estado. O apoio de Lula, a força do partido, a articulação com os movimentos sociais, a militância na rua e a Internet serão os antídotos petistas contra nossos adversários, que contam com apoio do poder econômico, nesta disputa.

Quais são as alternativas que serão discutidas na próxima reunião do diretório regional (dia 7/6)?

A formalização do apoio do PP a Dilma é improvável. No plano estadual, entregar a primeira suplência ao PP fragilizaria Lindberg. Para nossa base social, o PP representa a política clientelista, a oposição ao projeto ficha limpa, as práticas intoleráveis contra nossa aliada Jandira Feghali nas eleições de 2006.

A pré-candidatura do Professor Godofredo Pinto é legítima e tem méritos que são reconhecidos por valorosas correntes, lideranças e militantes do PT-RJ. Com todo respeito ao companheiro, entendemos que nessa conjuntura a dobrada Lindberg – Emir Sader é o melhor caminho para garantirmos nossa vitória rumo ao senado.

A força ideológica desta chapa nos ajudará também a vivificar a identidade e legitimidade do partido na sociedade, a fortalecer eleitoralmente nossa nominata e a disputar hegemonia com o PMDB – a partir de critérios políticos, programáticos e éticos – o programa de governo e o plano da campanha.

A pré-candidatura de Emir Sader à suplência do senado nasce comprometida com o objetivo de unir o partido e ampliar as chances de vitória eleitoral do candidato majoritário, uma vez que ela facilita nossa reaproximação com os estudantes, os intelectuais, os artistas, a classe média carioca e a base partidária do esquerdismo, que são formadores de opinião pública.

Emir cresce a cada dia na militância, porque foi acolhido por amplos setores, tendências e parlamentares do partido, parteiros coletivos desta construção. Ele é um intelectual com reputação internacional, mas comprometido com as aspirações democráticas, populares e socialistas do PT. A disputa será duríssima, mas teremos ao lado de Lindberg um dos nossos melhores quadros para defender Dilma contra a direita, o PSDB e a mídia golpista no senado.

Grandeza, razão, solidariedade e paixão! Estas são as palavras-chave para o crescimento do Partido dos Trabalhadores no estado do Rio de Janeiro. Para isto, respeitando a diversidade e a democracia interna do partido, a construção da unidade é uma tarefa inadiável. Um desafio que exige desprendimento pessoal, coragem política e perspectiva histórica, para levar Dilma e Lindberg à vitória, para eleger um número expressivo de deputados estaduais e federais, para afirmar o modo petista de governar e para tornar o PT alternativa de poder concreta nas futuras eleições.

Temos certeza que o diretório fará nossa estrela brilhar apoiando o nome do companheiro Emir Sader à primeira suplência do senado. Pensemos estrategicamente nossos rumos. Os fatos estão postos, mas a escolha agora está nas mãos dos prestigiosos membros do diretório regional do PT-RJ.

Saudações Petistas

Carlos Cortez, Carlos Kalifa, Osmar Barboza e Ricardo Quiroga

Coordenação provisória da frente ‘Mensagem Socialista’

Fonte: Blog Página 13

AFRO-BLOG'S