quinta-feira, 21 de outubro de 2010

PARA VENCER A ELEIÇÃO, NÃO BAIXAR A GUARDA

As últimas pesquisas indicam que Dilma está em primeiro lugar.

Isto reflete as mudanças que fizemos na linha da campanha: mais politização, mais polarização e principalmente a mobilização militante de milhões de cidadãos e cidadãs.

Mas não podemos cometer o erro do primeiro turno: pesquisa não ganha eleição.

Por isto, nada de baixar a guarda.

Neste sentido, respaldamos a convocatória feita pela Comissão Executiva Nacional do PT, que reproduzimos parcialmente a seguir:

É necessário que o Partido dos Trabalhadores se mantenha em permanente ação.

Cada um de nossos 1 milhão e 400 mil filiados.

Cada um de nossos 60 mil dirigentes nacionais, estaduais, municipais e setoriais.

Cada um de nossos 4.193 vereadores, 558 Prefeitos e 535 Vice-Prefeitos, 149 Deputados Estaduais e 88 Deputados Federais e 13 Senadores eleitos.

Cada um de nossos governadores eleitos no primeiro turno. E todos os que foram candidatos e contribuíram para com a nossa vitória.

Cada um e todos nós temos uma única tarefa de hoje até o dia 31 de outubro: garantir a continuidade das mudanças e eleger Dilma Presidente do Brasil.

Todo dia é dia, toda hora é hora de panfletagem, carreata, passeatas, plenárias e visitas a eleitores.

É preciso deixar claro para o povo: não se trata apenas de uma disputa eleitoral.

Trata-se de defender a soberania nacional contra os que querem fazer nosso país voltar a ser submisso a interesses estrangeiros.

Trata-se de defender a democracia contra os que querem calar o povo.

Trata-se de defender a igualdade contra os que querem impedir que os trabalhadores tenham direito a salário digno e boas condições de vida, habitação, saúde e educação.

Trata-se ainda, é importante ressaltar, da defesa de cada um dos milhões de empregos que foram criados durante o governo Lula.

Eleger Dilma presidente da República é, portanto, defender os interesses da imensa maioria do povo brasileiro, defender a democracia, os direitos humanos e a política externa soberana.

É isto que está nas mãos de cada um de nós.

É isto que está nas mãos da classe trabalhadora brasileira.

Esta é a boa luta que precisamos vencer.

A direção nacional da Articulação de Esquerda

20 de outubro de 2010

AFRO-BLOG'S