quinta-feira, 22 de março de 2012

O Golpe Militar de 1964

_______________________________________________
Coletivorj mailing list
Coletivorj@rededemocratica.org
http://rededemocratica.org/mailman/listinfo/coletivorj_rededemocratica.org

Os golpistas estão comemorando o que de mal fizeram à Nação Brasileira.

A grande vítima da ditadura que se instalou em 1964, foi o povo brasileiro que pagou com suor dos seus corpos, com o sangue e a vida de seus melhores filhos, pais, maridos, mulheres e mães o preço de uma ditadura nojenta, arbitrária, sanguinária e entreguista.

Os golpistas estão comprometendo as instituições nacionais em nome das quais passaram a governar, cometendo crimes de lesa Pátria e hediondos. Seus chefes viraram chefetes. Seu primeiro Presidente da República era informante da CIA, o segundo, jogador profissional de baralho, ambos se auto promoveram a marechais e vetaram quaisquer novas promoções além das deles dois. Assim, distribuíram justiça para eles, só para eles. Negando seus privilégios até para seus subordinados. Pegaram na mão grande o Brasil com 3 bilhões de dólares de dívida, e, quando o último ditador militar entregou o governo, e saiu pela porta dos fundos do Palácio, deixou um buraco, um rombo, de 120 bilhões de dólares para o povo brasileiro pagar.

O conluio servil do grande capital internacional e nacional com os generais miúdos da ditadura foi o instrumento do golpe, dias após o Presidente constitucionalmente eleito, ter promulgado os três decretos mais importantes para a Nação Brasileira à época, em memorável e histórico comício na Central do Brasil. 1) remessa de lucros para o estrangeiro, limite de 8%; 2) reforma agrária ao longo de rodovias e açudes federais; 3) encampação das refinarias particulares de petróleo, tanto nacionais como internacionais. Fortalecendo a nossa Petrobrás.

Em 10 dias, nosso primeiro presidente golpista, informante da CIA, cancelou os três decretos, o que deixou claro a que tinha vindo. Não contentes com todos estes crimes, os traidores, os demiurgos do regime militar (Ditadura), cumprindo ordens ou por vontade própria foram à tortura, às sevicias, ao enforcamento, ao assassinato. O que levou o melhor da nossa juventude indignada a se levantar com paus e pedras e depois em armas, juntamente com os nossos patriotas valorosos.

Mentem, querem esconder eternamente seus crimes econômicos (roubalheira para si ou para seus patrões internos e externos), crimes políticos, fechamento do Congresso Nacional, cassação de mandatos dos eleitos pelo povo que não se submetiam à Ditadura.

Vocês, esbirros da ditadura, tem o que esconder e para isto estão usando de todos os meios, por mais sujos que sejam, inclusive tentando usar seus colegas de farda como escudo, cuja imensa maioria não são vendilhões como vocês. Se ainda lhes resta alguma vergonha ou dignidade, por menor que seja, devem apoiar e fortalecer a Comissão da Verdade que em boa hora está sendo criada pela Presidenta da República Federativa do Brasil em nome de todo o povo brasileiro.

Viva o Brasil!

Viva o seu Povo!

Viva a justiça!

Ajude-nos a encontrar nossos desaparecidos. Deixem-nos chorar nossos mortos.

                                           Amadeu Felipe da Luz Ferreira

                                   Capitão Reformado do Exército Brasileiro

AFRO-BLOG'S