sábado, 7 de abril de 2012

Carta aberta ao Senador Lindberg Farias : Fora homofobia!

Caro senador lamentos profundamente as declarações em debate no senado federal em 3 de abril de 2012, onde em discurso o Senador Magno Malta PR ES denuncia um "suposto império Gay no Brasil", é mais um factóide da campanha homofóbica. Ele tem sido dos mais atuantes contra os direitos para LGBT. Em um a parte a as absurdas declarações de Malta, o Sr defendeu as declarações do Sr. Malafaia de que "sentar o pau" eram mal compreendido, e que ele não queria agredir. Mas suas palavras promovem o ódio contra Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis.

O Sr. Silas Malafaia tem dirigido uma campanha de difamação contra LGBT, em suas falas chega a se descontrolar e ataca a promoção de direitos, se opondo a criminalização da homofobia no Brasil. Pode ser que o sr. não conheça esta verve e  da atuação deste “pastor” que  na cruzada pela homofobia no Brasil.

 

Alertamos ao senador que estamos vivendo hoje uma nova inquisição, uma conjuntura conservadora, tempos de trevas que é comandada por pastores evangélicos reacionários, que através da mídia de TV,  Rádio e web tem atentado contra os direitos e a cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis. É grave que o Sr. Malafaia usa um canal de TV e rádio que são concessão pública, para defender o ódio e o preconceito. Somos hoje vítimas de uma perseguição brutal e cruel, que faz paralelo a ditadura militar e aos tempos da escravidão. Estes ataques têm levado a um aumento das perseguições e assassinatos contra LGBT no Brasil. E o resultado é um aumento da homofobia em todo o país; em locais de trabalho, nas ruas de grandes cidades como São Paulo (com atuação de grupos fascistas) do Rio de Janeiro ou de outras. É esta violência também chegou as escolas, o que tem ocasionado casos de suicídios de jovens e crianças atacados pelo Bullying-homofóbico. São milhares de jovens com traumas, e a dor das famílias que tem perdido seus filhos. Os grupos fundamentalistas têm atuado na aprovação de projetos do ensino religioso nas cidades, em uma pressão das Igrejas no Congresso Nacional, eles impedem avanços  desafiando o estado laico em uma afronta a constituição. Suas ações de chantagem política contra gestores, parlamentares ameaçam programas sociais, uma tentativa ruptura golpista. Os programas nacionais; Brasil Sem Homofobia, Escola sem Homofobia entre outros tem sido bloqueados e ou constantemente atacados por estes grupos, que com articulação política impedem a efetivação de políticas publicas em direitos humanos. Não podemos mais aceitar esta pressão reacionária contra a democracia.

 

Nesta semana (2 a 7 de abril) chegamos há mais de 110 assassinatos de LGBT no Brasil em 2012, e temos milhares de feridas psicológicas e físicas das vítimas dos ataques homófobicos. O Brasil é o país que mais assassina LGBT no Mundo. E por isso é urgente ações em todas as esferas de poder no combate a Homofobia.

 

Lembramos ao senador Lindbergh, que o Sr. Malafaia é um dos mentores da campanha reacionária contra LGBT, tenta intimidar nossas ações em defesa dos direitos humanos, com processos e falsas acusações e seguidas provocações, e não  mede palavras para ofender lideranças e grupos como a ABGLT e o processo contra o companheiro Toni Reis entre outros defensores e militantes LGBT. Ao falar “em dar um pau” ele estimula milhares de covardes atacarem, perseguir e até assassinar LGBT! Tenta confundir a opinião pública evangélica e nacional com suas inverdades. Senador, nós LGBT queremos viver em  paz, com cidadania e respeito, acesso aos serviços de saúde, trabalho, cultura, previdência e assistência social. E o Congresso Nacional é hoje a vanguarda  em negar estes direitos.  

Nós defendemos a democracia, e denunciamos contra o golpe reacionário  também ataca as religiões de matriz africana, com criminalização racista e perseguição aos povos de terreiro, por parte dos mesmos grupos fundamentalistas. Somos solidários a estas estes povos!

 

Senador Lindbergh Sr. que sempre esteve nas maiores mobilizações populares pela democracia e por transformações no Brasil, que tem uma formação de esquerda e progressista, que já foi vítima de campanhas de preconceito por parte de extrema direita contra os nordestinos, sabe o que é a dor que a difamação causa. Pedimos que faça um gesto de boa vontade e venha apoiar nossa campanha pela cidadania e por direitos humanos para LGBT. Junte-se a Frente Parlamentar LGBT, a III Marcha Nacional por direitos e Contra a Homofobia em 16 de Maio de 2012 em Brasília. E esteja conosco na defesa dos programas e políticas como o Escola sem Homofobia, no apoio pela aprovação da criminalização da Homofobia no Brasil, que é o  PL 122/2006, que tem sido bloqueado pelos  grupos fascistas no Senado.

 

O Rio de Janeiro, estado que elegeu o Sr. o senador mais votado em 2010, é o estado com os maiores avanços institucionais no marco das políticas públicas pela cidadania e de promoção de direitos para a população LGBT. Por isso o Sr. Não pode se aliar e perfilar ao lado do que a de mais reacionário no Rio de Janeiro e no Brasil. Por  sua história o Sr. não pode se confundir e se aliar com as forças do passado e do atraso, as mesmas que promoveram a ditadura, as perseguições, a tortura e o fascismo.

Este mesmo ódio contra LGBT une racistas,  machistas,  latifundiários que assassinam sem terras, dos que atacam os sem tetos, assassinam índios.

 

 

Companheiro Lindbergh O Setorial LGBT PT RJ e sua militância  desde o   PED e em todos os momentos defendemos seu nome, e apoiamos sua indicação como senador pelo PT RJ, e estivemos em sua campanha vitoriosa em 2010.  O Setorial LGBT PT RJ, presente nos principais momentos da campanha,  nos comícios, nas atividades de rua, levando a bandeira do PT e do 131 de seu nome para o Senado para  a comunidade LGBT do Rio de Janeiro! Companheiro reflita; e se posicione ao lado da paz, do progresso e da justiça


Venha conosco na luta universal pelos direitos humanos de LGBT, da Juventude, das mulheres, dos Negros, dos povos da floresta, Portadores de deficiência, dos quilombolas, dos povos de terreiro,  em fim dos oprimidos em geral da história que formam a grande maioria dominados por uma elite perversa e cruel.  

 

Estes são as posições históricas do Partido dos Trabalhadores, repudiar todos os preconceitos.

 

PT 32 anos de Lutas contra a Homofobia e o Preconceito!

 

Um grande abraço!

 

Setorial LGBT PT RJ

 

Fora a Homofobia!

Em defesa da Vida! PL 122 Já!___

AFRO-BLOG'S