sexta-feira, 20 de julho de 2012

Vê a página Professora Clarice 13813

facebook

 

39 pessoas gostam disto

Vê a página Professora Clarice 13813


Olá,

Professora Clarice 13813 está a convidar-te para aderires ao Facebook.

Depois de aderires, vais poder ligar-te à Página Professora Clarice 13813, assim como a pessoas de quem gostas e a outras coisas que te interessam.

Obrigado,
Professora Clarice 13813

Join Facebook

View This Page

 

Esta mensagem foi enviada para . Se não quiseres receber estes e-mails do Facebook no futuro, clica em cancelar a subscrição.
Facebook, Inc. Attention: Department 415 P.O Box 10005 Palo Alto CA 94303

 

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Professora Clarice 13813 e Educação

Professora Clarice leciona para o ensino fundamental desde os dezessete anos de idade. Durante dois anos e meio trabalhou na iniciativa privada contribuindo para o aprendizado de várias crianças na fase pré-escolar. Logo prestou concursos para lecionar no ensino público que completa vinte e um anos de caminhada e luta por uma educação transformadora, inclusiva e significativa.

Professora Clarice acredita que um dos caminhos para nossas crianças e jovens é o da educação. Para ela ensinar é um ato político. Pensa que o educador deve assumir o compromisso de, não somente ministrar aulas conteudistas, mas paralelamente apontar caminhos para que os educandos aprendam de forma consciente, percebendo que fazem parte de uma sociedade e que podem opinar sobre ela e por fim transformá-la.

Faz-se necessário ainda uma mudança radical no ensino público. É preciso transpor as quatro paredes de uma sala de aula e ir além. Contextualizando o educando à realidade de sua comunidade, por meio de atividades complementares fundamentais para o seu processo de socialização como o esporte, o teatro, a dança, a música, as viagens inculturadas (visitas à museus, parques temáticos, etc...) e outros.

Professora Clarice acredita que tudo isso é possível quando acreditamos e não sabendo que é impossível, fazemos acontecer...

Confira mais em nossa página no facebook

Professora Clarice 13813 e Educação

Professora Clarice leciona para o ensino fundamental desde os dezessete anos de idade. Durante dois anos e meio trabalhou na iniciativa privada contribuindo para o aprendizado de várias crianças na fase pré-escolar. Logo prestou concursos para lecionar no ensino público que completa vinte e um anos de caminhada e luta por uma educação transformadora, inclusiva e significativa.

Professora Clarice acredita que um dos caminhos para nossas crianças e jovens é o da educação. Para ela ensinar é um ato político. Pensa que o educador deve assumir o compromisso de, não somente ministrar aulas conteudistas, mas paralelamente apontar caminhos para que os educandos aprendam de forma consciente, percebendo que fazem parte de uma sociedade e que podem opinar sobre ela e por fim transformá-la.

Faz-se necessário ainda uma mudança radical no ensino público. É preciso transpor as quatro paredes de uma sala de aula e ir além. Contextualizando o educando à realidade de sua comunidade, por meio de atividades complementares fundamentais para o seu processo de socialização como o esporte, o teatro, a dança, a música, as viagens inculturadas (visitas à museus, parques temáticos, etc...) e outros.

Professora Clarice acredita que tudo isso é possível quando acreditamos e não sabendo que é impossível, fazemos acontecer...

Confira mais em nossa página no facebook

segunda-feira, 16 de julho de 2012

ENC: [assembleiapopularRJ] Governo RJ transfere pacientes do Iaserj do CTI para demolir o hospital

 

 

De: assembleiapopularRJ@yahoogrupos.com.br [mailto:assembleiapopularRJ@yahoogrupos.com.br] Em nome de Carioca Fla
Enviada em: segunda-feira, 16 de julho de 2012 03:57] Governo RJ transfere pacientes do Iaserj do CTI para demolir o hospital

 

 

Um crime foi realizado na madrugada de ontem 16 de julho no Rio de Janeiro, após ações e lutas em defesa de um hospital público o Iaserj. Um forte aparato policial cercou o Iaserj, para a operação da secretaria de estado de saúde, fazer as transferências dos pacientes internados no Hospital do Iaserj (Hospital central dos servidores que atende o SUS) serem retirados ilegalmente, e das UTIs em uma noite fria, sem condições de transferência e sem paradeiro para onde foram levados. Uma operação ilegal de desmonte e fechamento do Hospital do Iaserj para demolição (acordo de ampliação que o estado do Rio entrega o terreno do Iaserj para a construção de um centro de Câncer do Inca - Instituto Nacional do Câncer). As transferências contrariam a ética médica, o ato ilegal tem sido denunciado, mas nem a justiça o MP se pronunciaram, e  cassando as liminares que garantiam o funcionamento do Iaserj.

A luta se mantem com a ocupação em defesa do hospital. Os servidores e movimentos da saúde convocam todos para a luta em defesa do SUS e do Iaserj, contra mais um fechamento de hospital no Rio de Janeiro. è mais uma ação de privatização do SUS.

Enviem e ajudem a denunciar mais esta barbárie contra o nosso povo!

 

Todos para o Iaserj! Viva O SUS!

Contra as ilegalidades do estado e da justiça!

Viva O Iaserj!  

 

 

Vejam vídeo da madrugada de terror no Rio de Janeiro:

 

ENC: [assembleiapopularRJ] Governo RJ transfere pacientes do Iaserj do CTI para demolir o hospital

 

 

De: assembleiapopularRJ@yahoogrupos.com.br [mailto:assembleiapopularRJ@yahoogrupos.com.br] Em nome de Carioca Fla
Enviada em: segunda-feira, 16 de julho de 2012 03:57] Governo RJ transfere pacientes do Iaserj do CTI para demolir o hospital

 

 

Um crime foi realizado na madrugada de ontem 16 de julho no Rio de Janeiro, após ações e lutas em defesa de um hospital público o Iaserj. Um forte aparato policial cercou o Iaserj, para a operação da secretaria de estado de saúde, fazer as transferências dos pacientes internados no Hospital do Iaserj (Hospital central dos servidores que atende o SUS) serem retirados ilegalmente, e das UTIs em uma noite fria, sem condições de transferência e sem paradeiro para onde foram levados. Uma operação ilegal de desmonte e fechamento do Hospital do Iaserj para demolição (acordo de ampliação que o estado do Rio entrega o terreno do Iaserj para a construção de um centro de Câncer do Inca - Instituto Nacional do Câncer). As transferências contrariam a ética médica, o ato ilegal tem sido denunciado, mas nem a justiça o MP se pronunciaram, e  cassando as liminares que garantiam o funcionamento do Iaserj.

A luta se mantem com a ocupação em defesa do hospital. Os servidores e movimentos da saúde convocam todos para a luta em defesa do SUS e do Iaserj, contra mais um fechamento de hospital no Rio de Janeiro. è mais uma ação de privatização do SUS.

Enviem e ajudem a denunciar mais esta barbárie contra o nosso povo!

 

Todos para o Iaserj! Viva O SUS!

Contra as ilegalidades do estado e da justiça!

Viva O Iaserj!  

 

 

Vejam vídeo da madrugada de terror no Rio de Janeiro:

 

Você é minha/meu convidada/o

376794_4246730930093_397269755_n

domingo, 1 de julho de 2012

Ruth Coutinho é vice de Inês Pandeló

Nenhum vírus encontrado nessa mensagem.
Verificado por AVG - www.avgbrasil.com.br
Versão: 2012.0.2180 / Banco de dados de vírus: 2437/5105 - Data de Lançamento: 07/01/12

Ruth Coutinho é vice de Inês Pandeló

Coligação Pra Mudar de Verdade tem apoio da classe empresarial

 

O Partido dos Trabalhadores e o Partido Progressista anunciaram, oficialmente, em coletiva na manhã de hoje a coligação Pra Mudar de Verdade, que tem Inês Pandeló, como candidata a prefeita de Barra Mansa e Ruth Coutinho, vice. A aliança, que foi feita em nível majoritário (prefeita), vem com um forte apoio empresarial, representado na entrevista pelos empresários Bruno Marine e Rilmo Vieira. Candidatos a vereadores e filiados dos PT e PP participaram do encontro e estão otimistas com a campanha eleitoral, que começa no próximo dia 07.

De acordo com Inês Pandeló, a escolha de Ruth Coutinho para disputar o cargo de vice-prefeita foi baseada  em análises e resultados de pesquisas realizadas junto à população e vários segmentos da sociedade.“A Ruthinha soma forças e votos à campanha, é reconhecida pelo seu dinamismo e trabalho nas comunidades”, explicou Inês, ressaltando que a decisão final sobre a indicação ao cargo foi do próprio PP.

Ruth Coutinho destacou a importância do apoio empresarial. “Estamos felizes de hoje, estar aqui, divulgando nossa aliança, com aval dos empresários. Barra Mansa encontra-se estagnada sócio e economicamente, enquanto o Brasil está em ritmo de desenvolvimento. Acredito que o apoio dos empresários é vital para capitanear o progresso para a cidade”, salientou.

Duas mulheres na chapa majoritária é novidade em Barra Mansa e região. Atualmente, o PT e o PP municipal têm duas presidentes, Maria da Penha e a própria Ruth Coutinho. Na avaliação de Inês Pandeló a questão representa mais um avanço no processo de consolidação da democracia. “Ao longo dos séculos, as mulheres vêm quebrando barreiras e tabus. Temos uma presidente da República, Dilma Rousseff, que governa para homens e mulheres. O mesmo, queremos fazer em Barra Mansa”.

Para Ruth o essencial é trabalhar com honestidade. “Homens e mulheres desempenham papéis importantes na sociedade. Temos clareza desta questão e queremos juntos, construir uma outra história para o município”.

A Coligação Pra Mudar de Verdade aponta a saúde, o desenvolvimento econômico e a educação como os principais problemas da cidade. “Nosso plano de governo é baseado na melhoria do atendimento à saúde e educação e no desenvolvimento sustentável, com a efetiva implantação do pólo industrial e a implementação de políticas de incentivos fiscais para atrair novos investimentos. Barra Mansa tem um grande potencial de desenvolvimento e fica estrategicamente situada no eixo Rio/São Paulo. O Sul Fluminense é uma das regiões que mais crescem no Estado. Barra Mansa também pode ter saúde e educação de qualidade, empregos, novos investimentos e obras de qualidade”, disse Inês, acrescentando que experiência e respaldo dos Governos Federal e Estadual são essenciais para mudar a situação da cidade”.

Questionadas sobre a aliança ser composta apenas pelo PT e o PP, Inês e Ruthinha enfatizaram “Uma coligação forte não significa agregar um monte de siglas partidárias, mas ter pessoas trabalhadoras, com força política e isto PT e PP reúnem, com o ex-presidente Lula, a presidente Dilma Rousseff, os senadores Lindbergh Farias e Francisco Dornelles, além dos deputados federais e estaduais”, concluíram.

 

AFRO-BLOG'S