sexta-feira, 23 de maio de 2014

Capital paulista lança prêmio sobre alimentação escolar

19 de maio de 2014
Capital paulista lança prêmio
sobre alimentação escolar


A Secretaria Municipal de Educação (SME) de São Paulo lançou este mês o Prêmio Educação Além do Prato . Por meio do Departamento de Alimentação Escolar (DAE) e em parceria com o programa São Paulo Carinhosa, a ação quer divulgar receitas que privilegiem o uso de frutas, verduras e legumes, além de promover práticas alimentares saudáveis, que sejam inspiradas na cultura alimentar local, aos alunos da Rede Municipal de Ensino.

Com esta ação, a SME visa criar estratégias integradas entre a comunidade da escola, educadores, funcionários, pais e alunos, como objetivo de valorizar o trabalho dos cozinheiros nas escolas e ampliar os espaços para reflexão sobre a alimentação e suas implicações sociais e na saúde.

As unidades serão incentivadas a selecionar e escrever um breve histórico da receita, pesquisar sobre seus ingredientes e testá-las com o apoio do maior número de pessoas. No projeto deverá constar o relato das ações de mobilização, além do processo de busca e seleção da receita. As melhores receitas poderão ser incluídas nos cardápios do Programa de Alimentação Escolar do município e compiladas em um livro de receitas editado em três idiomas. As escolas que se destacarem serão premiadas com workshops, viagens de intercâmbio e projetos de renovação do ambiente escolar.

Podem participar da disputa pelo prêmio todas as Unidades Educacionais da Rede Municipal de Educação direta e indireta. Sendo elas os Centros de Educação Infantil, Escolas Municipais de Educação Infantil, Escolas Municipais de Ensino Fundamental, Escolas Municipais de Ensino Fundamental, Escolas Municipais de Educação Bilingue para Surdos, Centros Integrados de Educação de Jovens e Adultos, Centros Educacionais Unificados e Centro Educacionais de Educação Indígena.

Na Rede Municipal de Ensino de São Paulo são servidas 1,9 milhão de refeições diárias para cerca de 940 mil alunos. O Programa de Alimentação Escolar do município adota como diretrizes principais a manutenção do equilíbrio energético, a limitação da ingestão de gorduras e gorduras saturadas, de açúcar livre e de sal, a eliminação das gorduras trans, o aumento do consumo de frutas, hortaliças e leguminosas e do consumo de fibras provenientes de alimentos integrais.

As ações visam a uma reeducação alimentar dos alunos e, consequentemente, de suas famílias. O período de inscrição e encaminhamento do projeto começa no dia 15 de setembro.

Fonte: com informações da Prefeitura Municipal de São Paulo

Assessoria de Comunicação
(61) 3411.3279 / 3483
www.presidencia.gov.br/conseaascom@consea.planalto.gov.br
Redes Sociais

AFRO-BLOG'S