sábado, 11 de outubro de 2014

Deputados do PSOL declaram voto em Dilma

Os deputados federais Edmílson Rodrigues (PA), Chico Alencar (RJ), Jean Wyllys (RJ) e Ivan Valente (SP), todos do PSOL, declararam que vão votar em Dilma Rousseff no segundo turno para presidente da República. Em documento divulgado nesta sexta-feira, dia 10, os parlamentares afirmam que "o PSOL vê com preocupação o avanço conservador no Congresso Nacional, com a votação expressiva de representantes da ultradireita, do fundamentalismo, do corporativismo empresarial e latifundiário, do ruralismo antirreforma agrária e violador dos direitos indígenas, do patrimonialismo, do discurso de ódio à diversidade e aos direitos humanos e do clientelismo dos currais eleitorais”. Em outro trecho do documento, os deputados do PSOL declaram que "diante da composição de forças políticas e sociais que se constituiu, com os vínculos entusiasmados dos setores mais conservadores e retrógrados com a candidatura tucana, e do retrocesso que isso pode representar, dentro dos marcos aprovados pelo PSOL em Resolução divulgada em 8/10, declaramos nosso voto em Dilma”. Há dias, o deputado estadual Marcelo Freixo, um campeão de votos no Estado do Rio, já havia declarado seu voto em Dilma no segundo turno.

AFRO-BLOG'S